sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Sofisticar - Crónica da Semana

Pois bem, espero que a semana tenha sido boa e que tenham visto a maravilhosa emissão em que o grande, açoriano, argumentista, senhor doutor e benfiquista (agora menos grande) Luís Filipe Borges “amostrou” a nossa linda montagem de agentes secretos!

Sofisticar: aquele verbo que dá para falar de coisas rebuscadas, afectadas, complicadas ou requintadas; por outras palavras, de rabetas. Não vou estar aqui a falar de pessoas com as mais variadas orientações sexuais, rabetas são pessoas que fazem o que não deviam, ou pelo menos em tanta quantidade. Olhem para mim: eu só digo mal de meio mundo uma vez por semana! (Boinas, se fores rabeta já disse mal de ti duas vezes, por seres benfiquista) Falar mal das pessoas. Agora perguntam vocês: O que é que sofisticar tem a ver com falar mal das pessoas? E eu respondo: Tudo! 

Eu sou do tempo dos Power Rangers. E dos Pokémons. Sabia o nome daquilo tudo, mas felizmente a minha memória é selectiva e já nem sei quantos eram. 

Ai bons velhos tempos. Quando eu não andava sequer no 5º ano e metade dos leitores deste blog ainda não eram nascida qualquer coisa que se parecesse com um telemóvel com mais de três cores parecia vinda de outro universo… ou dos Estados Unidos, que já tinham telemóveis com quatro cores: Branco, Cinzento 25%, Cinzento 75% e Preto. Fala-se em telemóveis para ver a drástica e veloz evolução da tecnologia mas até o próprio do computador nos põe a pensar. Um calhau do já distante século XX com 300 kg pouco mais servia para jogar Pacman e agora se tiver as mesmas dimensões tem capacidade para meter os números de série de todos os parafusos que estão na Torre Eiffel e uma fotografia de cada pedrinha da Grande Muralha da China. 

Isto, meus caros, chama-se Digi-Evolução. Não se trata da evolução de tudo o que é digital, ou de tecnologia, a Digi-Evolução é a melhor maneira de vos esclarecer quanto à onda de sofisticação que vemos por esse mundo fora, tecnologia e não só.

Ao falarmos em sofisticar falamos igualmente em todas as pessoas que primam pelo aprimoramento do seu eu interior e exterior. Os que valorizam o treino do seu interior tornam-se grandes figuras de não sei o quê e não sei que mais e não dão grandes convidados lá no sofá porque depois o programa não tem piada (por isso é que o Sócrates ou o EEEEEEXXXXXXX-treinador da Selecção Carlos Queiroz ainda não foram lá >ironia para a parte que diz grandes figuras<). Assim sendo, ficamo-nos com pessoas que andaram na escola com o D. Sebastião antes dele ter sido raptado mas com a jovialidade da “mai” nova da Kate que teve 6 gémeos de uma empreitada e depois tentou enriquecer com um programa que sinceramente dava para um bom par de crónicas, ou melhor, seis.

E agora o momento Bimbi, patrocinado pela… Bimbi (que não tenho cá em casa e duvido que alguma vez venha a ter). Vamos misturar a ideia dos Pokémons com as pessoas que fazem por esticar todos os poros da sua pele. Acho que não é preciso mais comentários. É só agradecer à Patroa aqui do estaminé.

[Nota: não queremos, de qualquer modo, estar a denegrir as pessoas acima apresentadas. Apenas a utilizar a sua imagem com o intuito de demonstrar que são pessoas sofisticadas.]

Cumprimentos à família.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Bem vindo ao 'Para Lá das 5', o blog dos fãs do '5 Para a Meia Noite' para os fãs ( e não só ;D)